O CRIAS surge a partir da expressão “de pequenino é que se torce o pepino” que é como quem diz, é em pequeninos que os meninos têm de começar a conhecer filmes que são feitos para eles no nosso pais. Agora a sério. O CRIAS surge com duas ideias base: – mostrar cinema português e desenvolver hábitos de visualização e é por isso que estamos a “ocupar” este atelier.

 

Atelier de Cinema (8 aos 12 anos)

8/Julho/2016 – 15h às 18h

15:30 – Apresentação do workshop e do seu funcionamento

15:40 – Inicio da formação
Introdução às três áreas bases: – imagem, som, argumento.

16:00 – Divisão de grupos por 2 áreas: – concepção (argumento e realização) e técnica (som e imagem)

Construção do argumento a partir de três fotografias de três décors diferentes  e preparação para as rodagens, apresentação do material técnica a usar e exploração do espaço

Construir um plot com personagens definidas pelo grupo. O plot tem de incluir um conflito traduzido uma cadência narrativa simples. Apontamentos sobre planos a fazer.

Exposição de conceitos básicos de fotografia. Explicação da imagem em movimento (utilizando a técnica de stop-motion). Abordagem dos conceitos de enquadramentos, planos, etc.

Explicação genérica sobre a utilização do som no cinema. Falar do som (banda sonora e banda musical) como uma ferramenta narrativa. Apresentação de excertos de filmes.

16:30 – Apresentação do argumento redigido ao resto dos participantes 16:45 – Inicio das Filmagens

17:45 – Fim das filmagens.
Construção da banda sonora e musical.

18:00 – Fim do workshop

A montagem será feita pela equipa durante a noite.

9/Julho/2016 – 18h Projecção e apresentação da curta realizada (integrada na sessão da Bobine Rebellis)